Querido diário, (6)

Os homens não prestam. Quero morar sozinha. Não vou mais à missa. Bebi 12h seguidas no dia da rematrícula da faculdade. Eu vi um Anjo no dia da rematrícula..certeza, porque aquele cara caiu do céu. Eu agarrei um amigo há duas semanas atrás. Eu já menti minha idade. Eu descobri que o sertanejo fodeu a minha vida. Eu odeio feijão. Eu acho que tô namorando. Quero tingir meu cabelo de vermelho terracota. Meu gato mais velho tá pesando 7kg. E eu tô pesando 50kg. ¬¬'

[...]

E o que eu estou aprendendo (ou aprendi) no meu inferno astral?

  • muitos dos conselhos que ouvimos são movidos por segundas intenções;
  • eu só tomei no cu sendo simpática, legal, paciente, carinhosa com muita gente que me virou as costas;
  • ser boa é diferente de ser boba;
  • meus amigos de verdade cabem em apenas UMA mão minha (não passam de CINCO);
  • não deixar o antivírus do computador sem atualizar, nem instalar a versão 2009 do live messenger;
  • não puxar papo com otários no msn;
  • não dar confiança pra cara safado (HEHE);
  • não elogiar homem nenhum;
  • não tomar banho com o vitrô fechado e o incenso aceso;
  • não depender de mais ninguém pra ir em lugar nenhum (eu tenho pernas);
  • não fazer mais NADA que não seja da minha vontade pra agradar ninguém;
  • diminuir em quase 96% meu altruísmo;
  • não fazer chapinha direto;
  • não sair com celular, quando eu estiver decidida a encher a cara;
  • ser mais racional (alguns livros me incentivaram a ser amorosa com as pessoas, mas o problema é que não é inteligente você pôr o dedinho na boca das carnívoras esperando um beijinho delas);
  • a bomba faz os homens crescerem, ficarem gostosos, o pipi diminuir e o cérebro ATROFIAR;
  • ninguém conhece ninguém;
  • eu acho que poucas pessoas tem espelho em casa;
  • 'só não muda de idéia, quem não as têm.' (Caminho das Índias 24/07/2009);
  • meus únicos AMIGOS são gays, e quanto às AMIGAS: uma daqui de Jaú e duas que moram em outras cidades, o resto é COLEGUINHA (contentem-se com isso!);
  • se eu não tenho assunto, NÃO devo puxar papo com ninguém no msn (eu me sinto trouxa, sabe?);
  • primeiro eu faço, aí eu conto e depois eu pergunto (ou não) a opinião de alguém (conseqüência qualquer coisa traz mesmo);
  • lingerie branca fica melhor em mim;
  • não deixar meus trabalhos da faculdade pra ajudar ninguém;
  • close up white now até que melhora os dentes;
  • a primeira impressão é a que fica;
  • se me encher o saco no msn, eu BLOQUEIO mesmo;
  • arrumar um namorado, e não ser terapeuta de ninguém (problemas todo mundo tem);
  • desistir de encontrar um Edward Cullen na minha vida (vampiros não existem, muito menos na FATEC);
  • e finalmente, deixar de ser vítima pra começar a escrever minha própria história!

Meninos: não irei mais elogiá-los; eu não sou amiguinha de vocês; ser simpática é diferente de estar interessada; não MINTAM pra mim; ou vai ou racha; quando eu tô afim, eu FALO; enfiem o carro no cu.

Meninas: tenho apenas três amigas; odeio vocês quando são frescas; não se intrometam na minha vida; ODEIO quando reparam nos outros e não se enxergam; vocês também cagam fedido; não tentem ser o que não são pra ter a Quelzinha por perto.




tô com fome, beijos.

1 comentários:

. : : Roberto Torta : : . 26 de julho de 2009 16:27  

Poxa amor, eu adoreiii o seu post. adorei suas conclusões de inferno astral, e acho q desta vez vc foi perfeita ;*
eu te adorooo muitoooo lindaaaa
e saiba q sempre que precisar de um grape wine pra chorar uma desilusão, min chamaaaaaa meninaaaa
beijos

Raquel, 19 anos.

Raquel, 19 anos.
Se na vida eu apanho, outras vezes eu bato, mas trago a minha blusa aberta e uma rosa em botão!

moonfate ♥


Conheci uma mulher,
cujo sorriso brilhava

mesmo nunca tendo a visto, muitas vezes eu senti
seu olhar a me sorrir.

Sua alma era irmã da minha,
e em cada sonho que tinha

para lá eu me transportava,
por desejar ardentemente

ser como ela, pura alegria.

Um dos desejos que eu tinha, mais que tudo nesse mundo:
vê-la feliz e contente,
envolta na própria magia.


Mas ela me confessou,
com irreverência e desdém

ter o destino da lua:
'que a todos encanta e,
não é de ninguém.'


Eu pude ver claramente,
que a sua alma tão meiga

não era irmã simplesmente..
era cópia fiel da minha..
feliz ou infelizmente!

Sou uma filha da natureza:

quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo, de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim.
Mas vale a pena.
Mesmo que doa.
Dói só no começo.