Namorado vs Amor.

Um dia me disseram que o primeiro passo pra você conquistar algo na sua vida, é você DECIDIR o que você quer; muitas das coisas não nos acontecem, porque pedimos TANTO e nunca temos certeza de NADA! De fato, de tudo que eu pedi, poucas coisas eu alcancei porque sempre me sentia insegura, incerta se aquilo realmente me faria bem.. portanto descobri que o que eu estava escolhendo era o errado e por isso, afastei algumas pessoas.
Eu sempre mentalizei um namorado, aquele cara que me ligaria assim que chegasse em casa do serviço, ou que me convidasse para ir assisti-lo jogar bola com os amigos, que passaria em casa me pegar pra me levar almoçar fora ou que ficasse horas e horas na internet conversando nada comigo, só aquela coisa tosca de 'to com saudades jáá'.. ¬¬'.
E eu sempre usei uma aliança, mentalizando que ela me traria sorte e um compromisso com alguém, porque eu sempre quis gravar um nome na mesma, mas eu nunca entendia o porque ela só 'afastava' as pessoas da minha vida; no fundo, ela simbolizava algo que eu NUNCA quis e que eu NUNCA enxerguei, principalmente.
No fundo, eu nunca quis um cara pra me dar satisfação da onde ele ia, ou pra passar em casa me pegar pra fazer alguma coisa por obrigação ou compromisso, ou perguntar se ele pode ou não ir em tal lugar sem mim, isso não é ser livre; quem ama, não prende (assim como os pais que realmente amam seus filhos, eles não os prendem, eles lhe dão raízes e asas).
Eu nunca consegui o que eu queria, porque nunca soube realmente o que eu queria, mas agora eu sei.. sei também que só tive a perder dentro de toda minha confusão, da minha incerteza.. EU estava bagunçada e indecisa e acabei passando isso pra pessoa mais importante da minha vida, e ele acabou me abandonando, justamente com medo do que viesse a acontecer.
Talvez, eu esteja fantasiando muito sobre alguém que eu nunca tive, mas esse é um direito meu.
E pra falar a verdade, não quero um namorado; não quero alguém que fique me cobrando uma roupa curta, me impeça de sair beber com as amigas, de ter amizade com algumas pessoas e que fique me cobrando ou desconfiando de mim. NÃO quero.

Eu não quero um namorado, eu quero um amor: Livre, que me faça surpresas de boa vontade, sem que eu lhe peça nada; que pense em mim assim que sentir algo realmente bom, que lembre que comigo ele terá bons momentos, que confie em mim sabendo que eu posso estar em qualquer canto do mundo, que não me veja como alguém que lhe trará dor de cabeça, mas que eu seja alguém que ele se sinta a vontade, que ele sempre possa contar comigo, quantas vezes ele decidir, que não me ligue por obrigação, que não me siga por precaução, que não fique comemorando datas sendo que todos os dias em que estivermos juntos serão especiais (eu não acredito que exista UM dia que possa ser ignorado pelo simples fato de não ter um motivo aparente)..se todos os momentos são preciosos, porque 'um mês de namoro' seria mais importante ou melhor do que 'um mês e cinco dias'?
Eu descobri também que cada um deve pensar por si só, nem sempre acreditar em algo porque a maioria das pessoas age ou pensa de tal maneira, ainda que o amor seja o mesmo, as pessoas são diferentes, elas demonstram o que sentem de diferentes modos e, nada disso pode ser ignorado.
Contudo, não significa que meus novos pensamentos venham a interferir em uma escolha recente minha; eu não quero voltar atrás, eu quero viver o agora e não vou esperar pelo futuro porque ele não existe. Para nós garantirmos o futuro, para nós colhermos os frutos desse 'futuro', é necessário que plantemos uma semente num terreno chamado HOJE, o HOJE existe porque você o vive, embora não o veja. E se você plantar o que tem de melhor em algo que não existe, obviamente você nunca o terá ou nunca o viverá.

Sei que existe Alguém nesse exato momento tomando nota de tudo que eu tenho feito, pensado, escolhido e, principalmente AMADURECIDO. "Não se nasce mulher.. TORNA-SE mulher."
E nada vem do dia pra noite, e eu sinto, que cada vez mais estou me tornando mulher.



Não quero cobranças.

Não quero ser a dor de cabeça pra ninguém.

Não quero ser um problema.

Eu quero ser a mulher de alguém.

Eu quero ser o porto seguro de alguém.

Eu quero ser o sorriso de alguém.

Eu não quero ser a NAMORADA de NINGUÉM,

Eu quero ser o amor de Alguém!

1 comentários:

Jéssica 27 de julho de 2009 18:51  

oie rahhhhh!!
Vc escreve mt bem msm adorei!!!!!!!
o que vc escreveu,vc ta certa..ñ se nasce mulher torna-se uma!!
bjus!!

Raquel, 19 anos.

Raquel, 19 anos.
Se na vida eu apanho, outras vezes eu bato, mas trago a minha blusa aberta e uma rosa em botão!

moonfate ♥


Conheci uma mulher,
cujo sorriso brilhava

mesmo nunca tendo a visto, muitas vezes eu senti
seu olhar a me sorrir.

Sua alma era irmã da minha,
e em cada sonho que tinha

para lá eu me transportava,
por desejar ardentemente

ser como ela, pura alegria.

Um dos desejos que eu tinha, mais que tudo nesse mundo:
vê-la feliz e contente,
envolta na própria magia.


Mas ela me confessou,
com irreverência e desdém

ter o destino da lua:
'que a todos encanta e,
não é de ninguém.'


Eu pude ver claramente,
que a sua alma tão meiga

não era irmã simplesmente..
era cópia fiel da minha..
feliz ou infelizmente!

Sou uma filha da natureza:

quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo, de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim.
Mas vale a pena.
Mesmo que doa.
Dói só no começo.