Thinking of You - Katy Perry

Comparações são facilmente feitas, uma vez que você prova a perfeição. Como uma maçã pendurada em uma árvore, eu peguei a mais madura e eu ainda tenho a semente. Você disse 'siga em frente', para onde vou? Eu acho que o segundo melhor É tudo que eu vou conhecer. Porque quando eu estou com ele, eu estou pensando em você, pensando em você! O que eu faria se fosse você que estivesse passando a noite comigo? Ah, eu queria que eu estivesse olhando nos seus olhos. Você é como um verão indiano, no meio do inverno; como um doce, com uma surpresa dentro. Como eu fico melhor? Uma vez que eu provei do melhor? Você disse que há toneladas de peixes na água, então eu vou provar das águas! Ele beijou os meus lábios, senti o gosto da sua boca. Ele me puxou para perto e eu fiquei com nojo de mim mesma.
[...] Você é o melhor e sim, eu realmente me arrependo, como eu pude me deixar, deixar você ir. Agora a lição está aprendida, eu toquei isso e eu fui queimada. Ah eu achava que você devia saber.. Porque quando eu estou com ele, eu estou pensando em você, pensando em você! O que eu faria se você fosse o tal que estava passando a noite? Ah, eu queria que eu estivesse olhando nos seus olhos. Seus olhos, olhando nos seus olhos. Ah, você não vem arrombar a porta e me levar embora? Ah, sem mais erros, porque nos seus olhos eu go
staria de ficar.

~

E querem saber o melhor? Pela primeira vez eu estou postando uma musica LINDA,

sem estar pensando em nenhum idiota! =]

Me libertei, finalmente.


'Como se nunca tivesse havido ferida . . '

Namorado vs Amor.

Um dia me disseram que o primeiro passo pra você conquistar algo na sua vida, é você DECIDIR o que você quer; muitas das coisas não nos acontecem, porque pedimos TANTO e nunca temos certeza de NADA! De fato, de tudo que eu pedi, poucas coisas eu alcancei porque sempre me sentia insegura, incerta se aquilo realmente me faria bem.. portanto descobri que o que eu estava escolhendo era o errado e por isso, afastei algumas pessoas.
Eu sempre mentalizei um namorado, aquele cara que me ligaria assim que chegasse em casa do serviço, ou que me convidasse para ir assisti-lo jogar bola com os amigos, que passaria em casa me pegar pra me levar almoçar fora ou que ficasse horas e horas na internet conversando nada comigo, só aquela coisa tosca de 'to com saudades jáá'.. ¬¬'.
E eu sempre usei uma aliança, mentalizando que ela me traria sorte e um compromisso com alguém, porque eu sempre quis gravar um nome na mesma, mas eu nunca entendia o porque ela só 'afastava' as pessoas da minha vida; no fundo, ela simbolizava algo que eu NUNCA quis e que eu NUNCA enxerguei, principalmente.
No fundo, eu nunca quis um cara pra me dar satisfação da onde ele ia, ou pra passar em casa me pegar pra fazer alguma coisa por obrigação ou compromisso, ou perguntar se ele pode ou não ir em tal lugar sem mim, isso não é ser livre; quem ama, não prende (assim como os pais que realmente amam seus filhos, eles não os prendem, eles lhe dão raízes e asas).
Eu nunca consegui o que eu queria, porque nunca soube realmente o que eu queria, mas agora eu sei.. sei também que só tive a perder dentro de toda minha confusão, da minha incerteza.. EU estava bagunçada e indecisa e acabei passando isso pra pessoa mais importante da minha vida, e ele acabou me abandonando, justamente com medo do que viesse a acontecer.
Talvez, eu esteja fantasiando muito sobre alguém que eu nunca tive, mas esse é um direito meu.
E pra falar a verdade, não quero um namorado; não quero alguém que fique me cobrando uma roupa curta, me impeça de sair beber com as amigas, de ter amizade com algumas pessoas e que fique me cobrando ou desconfiando de mim. NÃO quero.

Eu não quero um namorado, eu quero um amor: Livre, que me faça surpresas de boa vontade, sem que eu lhe peça nada; que pense em mim assim que sentir algo realmente bom, que lembre que comigo ele terá bons momentos, que confie em mim sabendo que eu posso estar em qualquer canto do mundo, que não me veja como alguém que lhe trará dor de cabeça, mas que eu seja alguém que ele se sinta a vontade, que ele sempre possa contar comigo, quantas vezes ele decidir, que não me ligue por obrigação, que não me siga por precaução, que não fique comemorando datas sendo que todos os dias em que estivermos juntos serão especiais (eu não acredito que exista UM dia que possa ser ignorado pelo simples fato de não ter um motivo aparente)..se todos os momentos são preciosos, porque 'um mês de namoro' seria mais importante ou melhor do que 'um mês e cinco dias'?
Eu descobri também que cada um deve pensar por si só, nem sempre acreditar em algo porque a maioria das pessoas age ou pensa de tal maneira, ainda que o amor seja o mesmo, as pessoas são diferentes, elas demonstram o que sentem de diferentes modos e, nada disso pode ser ignorado.
Contudo, não significa que meus novos pensamentos venham a interferir em uma escolha recente minha; eu não quero voltar atrás, eu quero viver o agora e não vou esperar pelo futuro porque ele não existe. Para nós garantirmos o futuro, para nós colhermos os frutos desse 'futuro', é necessário que plantemos uma semente num terreno chamado HOJE, o HOJE existe porque você o vive, embora não o veja. E se você plantar o que tem de melhor em algo que não existe, obviamente você nunca o terá ou nunca o viverá.

Sei que existe Alguém nesse exato momento tomando nota de tudo que eu tenho feito, pensado, escolhido e, principalmente AMADURECIDO. "Não se nasce mulher.. TORNA-SE mulher."
E nada vem do dia pra noite, e eu sinto, que cada vez mais estou me tornando mulher.



Não quero cobranças.

Não quero ser a dor de cabeça pra ninguém.

Não quero ser um problema.

Eu quero ser a mulher de alguém.

Eu quero ser o porto seguro de alguém.

Eu quero ser o sorriso de alguém.

Eu não quero ser a NAMORADA de NINGUÉM,

Eu quero ser o amor de Alguém!

Thank U !

Que tal sair fora desses antibióticos? Que tal parar de comer quando eu já estiver satisfeita? Que tal eles, cenouras pendentes e transparentes? Que tal a sempre enganadora glória?

Obrigada, Índia
Obrigada, terror
Obrigada, desilusão
Obrigada, fragilidade
Obrigada, conseqüência
Obrigada, obrigada, silêncio.

Que tal eu não lhe culpar por tudo? Que tal eu aproveitar o mo
mento de vez em quando? Que tal a sensação de finalmente te perdoar? Que tal chorar por tudo de uma só vez?

O momento que eu deixei para trás,
foi o momento em que eu dei um passo maior do que a perna.

O momento em que eu pulei fora,
foi o momento em que pus os pés no chão.

Que tal não ser mais masoquista? Que tal relembrar sua divindade? Que tal chorar sem vergonha? Que tal não equacionar morte com o fim?

Obrigada, Índia
Obrigada, providência
Obrigada, desilusão
Obrigada, nulidade
Obrigada, claridade
Obrigada, obrigada, silêncio!



[ALANIS MORISSETTE]

Querido diário, (6)

Os homens não prestam. Quero morar sozinha. Não vou mais à missa. Bebi 12h seguidas no dia da rematrícula da faculdade. Eu vi um Anjo no dia da rematrícula..certeza, porque aquele cara caiu do céu. Eu agarrei um amigo há duas semanas atrás. Eu já menti minha idade. Eu descobri que o sertanejo fodeu a minha vida. Eu odeio feijão. Eu acho que tô namorando. Quero tingir meu cabelo de vermelho terracota. Meu gato mais velho tá pesando 7kg. E eu tô pesando 50kg. ¬¬'

[...]

E o que eu estou aprendendo (ou aprendi) no meu inferno astral?

  • muitos dos conselhos que ouvimos são movidos por segundas intenções;
  • eu só tomei no cu sendo simpática, legal, paciente, carinhosa com muita gente que me virou as costas;
  • ser boa é diferente de ser boba;
  • meus amigos de verdade cabem em apenas UMA mão minha (não passam de CINCO);
  • não deixar o antivírus do computador sem atualizar, nem instalar a versão 2009 do live messenger;
  • não puxar papo com otários no msn;
  • não dar confiança pra cara safado (HEHE);
  • não elogiar homem nenhum;
  • não tomar banho com o vitrô fechado e o incenso aceso;
  • não depender de mais ninguém pra ir em lugar nenhum (eu tenho pernas);
  • não fazer mais NADA que não seja da minha vontade pra agradar ninguém;
  • diminuir em quase 96% meu altruísmo;
  • não fazer chapinha direto;
  • não sair com celular, quando eu estiver decidida a encher a cara;
  • ser mais racional (alguns livros me incentivaram a ser amorosa com as pessoas, mas o problema é que não é inteligente você pôr o dedinho na boca das carnívoras esperando um beijinho delas);
  • a bomba faz os homens crescerem, ficarem gostosos, o pipi diminuir e o cérebro ATROFIAR;
  • ninguém conhece ninguém;
  • eu acho que poucas pessoas tem espelho em casa;
  • 'só não muda de idéia, quem não as têm.' (Caminho das Índias 24/07/2009);
  • meus únicos AMIGOS são gays, e quanto às AMIGAS: uma daqui de Jaú e duas que moram em outras cidades, o resto é COLEGUINHA (contentem-se com isso!);
  • se eu não tenho assunto, NÃO devo puxar papo com ninguém no msn (eu me sinto trouxa, sabe?);
  • primeiro eu faço, aí eu conto e depois eu pergunto (ou não) a opinião de alguém (conseqüência qualquer coisa traz mesmo);
  • lingerie branca fica melhor em mim;
  • não deixar meus trabalhos da faculdade pra ajudar ninguém;
  • close up white now até que melhora os dentes;
  • a primeira impressão é a que fica;
  • se me encher o saco no msn, eu BLOQUEIO mesmo;
  • arrumar um namorado, e não ser terapeuta de ninguém (problemas todo mundo tem);
  • desistir de encontrar um Edward Cullen na minha vida (vampiros não existem, muito menos na FATEC);
  • e finalmente, deixar de ser vítima pra começar a escrever minha própria história!

Meninos: não irei mais elogiá-los; eu não sou amiguinha de vocês; ser simpática é diferente de estar interessada; não MINTAM pra mim; ou vai ou racha; quando eu tô afim, eu FALO; enfiem o carro no cu.

Meninas: tenho apenas três amigas; odeio vocês quando são frescas; não se intrometam na minha vida; ODEIO quando reparam nos outros e não se enxergam; vocês também cagam fedido; não tentem ser o que não são pra ter a Quelzinha por perto.




tô com fome, beijos.

Elevador! ♥

Pra quê? Te espero de braços abertos se você caminha pra nunca chegar; então vou no fundo, ameaço ir embora, você diz que prefere quem sabe ficar. Eu queria tanto mudar sua vida mas você não sabe se vai ou se fica. Eu tenho coragem, já tô de saída..Você diz que é pouco e pouco pra mim não é bobagem! E subo bem alto pra gritar que é amor, eu vou de escada pra elevar a dor. Então me lanço, me atiro em frente ao seu carro e aí você decide se é guerra ou perdão. Se na vida eu apanho, outras vezes eu bato, mas trago a minha blusa aberta e uma rosa em botão!





O tempo do passado tá em outro tempo
lembrando de nós dois um instante que não pára.
Viver é um livro de esquecimento,
eu só quero lembrar de você até perder a memória!


[...]

november 20th,

Alinhar ao centro'Eu sabia que nós dois corriamos um risco mortal. Ainda sim, naquele instante eu me senti bem. Inteira. Pude sentir meu coração batendo no peito. O sangue pulsando quente e rápido por minhas veias de novo. Meus pulmões encheram-se do doce aroma que vinha da pele dele. Era como se nunca tivesse havido um buraco no meu peito. Eu estava perfeita - não curada, mas como se nunca tivesse havido ferida . '



Era verdade. Edward estava ali, com os braços me envolvendo. Eu podia enfrentar qualquer coisa, uma vez que aquilo era verdade.

Le Fabuleux Destin d'Amélie Poulain.


"Certo dia, encontra no banheiro de seu apartamento uma caixinha com brinquedos e figurinhas pertencentes ao antigo morador do apartamento. Decide procurá-lo e entregar o pertence ao seu dono, Dominique, anonimamente. Ao notar que ele chora de alegria ao reaver o seu objeto, a moça fica impressionada e remodela sua visão do mundo.

A partir de então, Amélie se engaja na realização de pequenos gestos a fim de ajudar e tornar mais felizes as pessoas ao seu redor. Ela ganha aí um novo sentido para sua existência. Em uma destas pequenas grandes ações ela encontra um homem por quem se apaixona à primeira vista. E então seu destino muda para sempre..."

Sim, me comoveu a ponto de eu voltar às minhas loucuras mais apaixonantes! :D
Embora eu não tenha tido a mesma infância do que ela, tampouco tenha um certo problema em me relacionar com as pessoas (acho que as vezes sou cara de pau demais), aposto que meu lado Amélie Poulain jamais me abandonou; aquele lado em que você se preocupa e quer fazer algo pelas pessoas, de um modo 'criativo' mas inocente e sincero, sem mais intenções. (Talvez o problema das pessoas hoje em dia, seja aquele em que todo mundo quer ajudar todo mundo sempre ESPERANDO algo em troca, eu digo e confesso isso porque já fui assim).

As pessoas acabam nos levando a agir dessa maneira quando você vê o quão egoísta e desleais as pessoas têm se tornado e, isso me levou a concluir outra coisa: desistimos facilmente de algo que, se ainda não é, poderá ser muito valioso pra gente, quando se trata de sentimentos. Eu gostaria de poder descrever um fato que me ocorreu sexta/sábado até mesmo de modo bem detalhado, fato é que algumas coisas e algumas pessoas talvez não tenham o mesmo ponto de vista do que eu e poderia levar uma certa 'atitude' minha pro lado safado da coisa. Mas, na mesma noite em que uma dúvida tremenda quase estragou a minha noite, minutos depois eu passei por outra situação em que eu vi que o que eu estava fazendo era realmente por amor, sem nada em troca... talvez um sorriso. Diante de uma cena tão inocente, eu lá, ajudando como estava, por amor, sem segundas intenções e completamente despreocupada.
A gente sempre se sente insegura, tem medo, ma
s o que nos assusta,
talvez seja a certeza de que algo vai ser bom.
[...]


Outra coisa que me chamou a atenção no filme, foi o fato de que, apesar de Amélie não ter tido uma infância saudável (normal) e nem ter tido pais sempre presentes, ela não cresceu revoltada, tampouco vingativa; muito pelo contrário, ela tinha algo dentro dela (acredito que isso, talvez nasça com algumas pessoas) que via a riqueza nas simples coisas da vida, fazendo com que ela enxergasse o lado humano e bom das pessoas, e então, ela ajudaria as mesmas no que elas precisassem, discretamente, sem segundas intenções, de modo que ninguém soubesse que fora ela, sendo assim ninguém poderia interferir na sua simples e FABULOSA vida. Ou seja, a recompensa dela viria assim que ela visse o quão feliz ou realizada ficaria tal pessoa (altruísta) e, consequentemente, boas coisas desencadiaram na vida dela, até mesmo ela ter encontrado seu amor (Nino Quincampoix), o que eu achei EXTREMAMENTE lindo e criativo o modo como ela conquistou e fez o rapaz ir atrás dela.
Tudo isso é realmente um sonho: o destino deu a ela a oportunidade, mas foram as atitudes de Amélie que tornaram seu destino fabuloso. Embora eu viva algo completamente diferente, ainda more com meus pais, não trabalhe, não seja independente e me apaixonei por um alguém completamente diferente do Nino Quincampoix, eu ainda acredito, lá no fundiiiinho que eu serei mais feliz se eu continuar seguindo o que meu lado bom sempre me indica a fazer,
mesmo que as pessoas não concordem ou não reconheçam; talvez, tudo seja questão de tempo e paciência.
Ser racional só é mais fácil, menos doloroso e muito mais sem graça.

E aqui me despeço com um trecho de uma das músicas da minha cantora favorita, Alecia Moore (P!nk):




"Eu prefiro sangrar com cortes de amor, do que viver sem cicatrizes."

FIM.

THE END.

Mas amei você.

"Eu te amei do amanhecer ao anoitecer e mesmo quando durmia, ainda te amei. Eu te amei nas três dimensões, nas quatro luas, nos quatro elementos, nas quatro estações, nos quatro pontos cardeais. Eu te amei nos cinco sentidos, nas sete cores do arco-íris, nas sete notas musicais, nos doze signos do zodíaco, em tudo o que existe eu te amei cada vez mais. Eu te amei na procela e na calmaria, em todos os josés e marias, nos infantes, nos anciãos, nos amigos, inimigos ou irmãos...eu te amei em toda a criação. Eu te amei no caos aparente ou na mais perfeita estrutura...eu te amei como o próprio criador ama a sua criatura. Eu te amei no vento que vem do norte, na linha do horizonte, na pequena fonte, nas nuvens grávidas de chuva ... eu te amei nos meus dias nefastos e nos meus dias de sorte. Eu te amei na árvore frondosa, na montanha majestosa, na pedra preciosa, nas miríades de estrelas do universo... eu te amei no pequeno átomo, na imponderável constelação, eu te amei para além de qualquer humana compreensão."

(Fátima Irene)



- Me elogiem, me critiquem, me condenem, me queimem,
mas foi só pra me despedir.

FIM.

Raquel, 19 anos.

Raquel, 19 anos.
Se na vida eu apanho, outras vezes eu bato, mas trago a minha blusa aberta e uma rosa em botão!

moonfate ♥


Conheci uma mulher,
cujo sorriso brilhava

mesmo nunca tendo a visto, muitas vezes eu senti
seu olhar a me sorrir.

Sua alma era irmã da minha,
e em cada sonho que tinha

para lá eu me transportava,
por desejar ardentemente

ser como ela, pura alegria.

Um dos desejos que eu tinha, mais que tudo nesse mundo:
vê-la feliz e contente,
envolta na própria magia.


Mas ela me confessou,
com irreverência e desdém

ter o destino da lua:
'que a todos encanta e,
não é de ninguém.'


Eu pude ver claramente,
que a sua alma tão meiga

não era irmã simplesmente..
era cópia fiel da minha..
feliz ou infelizmente!

Sou uma filha da natureza:

quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo, de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim.
Mas vale a pena.
Mesmo que doa.
Dói só no começo.