Broken strings.



"Deixe eu te abraçar pela última vez, é a última chance para sentir de novo; mas você partiu meu coração e agora eu não consigo sentir mais nada. Quando eu te amo, é tão falso, eu nem ao menos consigo me convencer. Quando estou falando, é a voz de outra pessoa. Oh, isso me dilacera; eu tentei resistir, mas isso machuca demais. Eu tentei perdoar, mas isso não é o suficiente para fazer tudo ficar bem. Você não pode tocar com cordas partidas. Você não pode sentir nada que seu coração não queira sentir. Eu não consigo te dizer algo que não seja verdade. Oh, a verdade machuca, e a mentira mais ainda. Eu não consigo dar mais de mim quando eu te amo um pouco menos que antes. Oh, o que nós estamos fazendo? Estamos nos transformando em pó, jogando em casa nossas ruínas. Correndo em direção ao fogo, quando não há mais ninguém para salvar, é como se estivesse correndo atrás do último trem. Quando já é tarde demais, tarde demais. Você não pode tocar com cordas partidas, você não pode sentir nada que seu coração não queira sentir. Eu não consigo te dizer algo que não seja verdade. Você não pode andar em cordas partidas, você não pode sentir nada que seu coração não queira sentir. Eu não consigo te dizer algo que não seja verdade.

- Deixe eu te abraçar pela última vez, é a última chance para sentir de novo!"




0 comentários:

Raquel, 19 anos.

Raquel, 19 anos.
Se na vida eu apanho, outras vezes eu bato, mas trago a minha blusa aberta e uma rosa em botão!

moonfate ♥


Conheci uma mulher,
cujo sorriso brilhava

mesmo nunca tendo a visto, muitas vezes eu senti
seu olhar a me sorrir.

Sua alma era irmã da minha,
e em cada sonho que tinha

para lá eu me transportava,
por desejar ardentemente

ser como ela, pura alegria.

Um dos desejos que eu tinha, mais que tudo nesse mundo:
vê-la feliz e contente,
envolta na própria magia.


Mas ela me confessou,
com irreverência e desdém

ter o destino da lua:
'que a todos encanta e,
não é de ninguém.'


Eu pude ver claramente,
que a sua alma tão meiga

não era irmã simplesmente..
era cópia fiel da minha..
feliz ou infelizmente!

Sou uma filha da natureza:

quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo, de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim.
Mas vale a pena.
Mesmo que doa.
Dói só no começo.