OVER YOU ♪

Agora que está tudo dito e feito, não consigo acreditar que você foi o único a me construir e depois me destruir como uma casa velha e abandonada. O que você disse quando partiu me deixou com frio e sem fôlego; e eu caí tão fundo, foi bem intenso. Acho que deixei você ter o que eu tinha de melhor... Bem, nunca pensei que chegaríamos a esse ponto, deveria ter fugido há muito, muito tempo atrás! Nunca pensei que duvidaria de você, estou melhor sem você mais do que você sabe! Devagar estou encerrando isto; acho que realmente acabou..Estou finalmente ficando melhor! Agora estou juntando os pedaços, estou passando todos esses anos colocando meu coração de volta no lugar. Porque o dia que eu achei que eu nunca superaria..Eu te esqueci! Você destruiu essas paredes, arrastou as memórias corredor a fora, pegou suas coisas e partiu...Não havia nada que eu poderia dizer. E quando você fechou a porta da frente, muitas outras se abriram, assim como meus olhos, então consegui enxergar, que você nunca foi o melhor pra mim!

Porque ONTEM, a sexta-feira que eu havia prometido a mim mesma que seria de alegrias e boas novas, acabou sendo uma total decepção e foi onde eu ouvi TUDO que eu precisava ouvir pra seguir adiante.

O que não me mata, torna-me forte!

0 comentários:

Raquel, 19 anos.

Raquel, 19 anos.
Se na vida eu apanho, outras vezes eu bato, mas trago a minha blusa aberta e uma rosa em botão!

moonfate ♥


Conheci uma mulher,
cujo sorriso brilhava

mesmo nunca tendo a visto, muitas vezes eu senti
seu olhar a me sorrir.

Sua alma era irmã da minha,
e em cada sonho que tinha

para lá eu me transportava,
por desejar ardentemente

ser como ela, pura alegria.

Um dos desejos que eu tinha, mais que tudo nesse mundo:
vê-la feliz e contente,
envolta na própria magia.


Mas ela me confessou,
com irreverência e desdém

ter o destino da lua:
'que a todos encanta e,
não é de ninguém.'


Eu pude ver claramente,
que a sua alma tão meiga

não era irmã simplesmente..
era cópia fiel da minha..
feliz ou infelizmente!

Sou uma filha da natureza:

quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo, de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim.
Mas vale a pena.
Mesmo que doa.
Dói só no começo.