A verdade do lado de dentro.

Nenhuma pessoa reconhece o seu próprio limite, por vezes penseii acreditar que eu tinha as respostas pra cada situação da minha vida; meus amigos diziam que eu tinha o dom da palavra, e os ajudá-los através disso era a maior satifação da minha vida.
[...]
Até a noite, em que todas as minhas incertezas e descrenças, caíram por terra. Ele estava lá, parado a apenas alguns passos a minha esquerda; parecia estar em sintonia, quando eu o vi. Aquele amor a primeira vista que eu desacreditava, que eu condenava, havia acabado de acontecer em mim; sem entender, eu ignorei a idéia mas continuei o observando a noite toda. Diante de todas as experiências nos meus relacionamentos anteriores, eu não mais esperava que alguém me chamasse a atenção, que alguém conseguisse despertar algo em mim, novamente; eu era fria, racional, mas ainda era do bem. Eu tinha bons amigos, e eles nunca me permitiram desistir.
[...]
Tudo que eu não esperava, tudo que eu não pude evitar, me aconteceu naquela noite, ainda que foram necessários alguns dias, meses, pra eu me dar contar do que realmente tinha acontecido comigo. Eu não senti medo, porque era bom. Aquilo me fazia bem e eu fui descobrindo novas sensações, novas razões naquele novo sentimento. Me inspirava de uma tal maneira, que eu queria poder contar a todos os meus amigos o que realmente era amor e, eu o teria feito se eu tivesse encontrado as palavras certas.. foi quando eu descobri que não importava o que, quando, onde, como ou porque o amor tinha acontecido, ele simplesmente já estava dentro de mim e daquele momento em diante, só importaria o que eu faria com ele.
Eu não desisti.. mas eu descobri que quando a gente realmente ama, não precisa estar do lado, porque é FATO que ele vive dentro da gente e, você descobre que a felicidade da pessoa é tudo pra você, seu mundo gira em torno desse sentimento, quem acreditava não ser perfeito, poderia sim dizer ser perfeito assim que se encontrasse apaixonado, porque o que torna algo ou alguém perfeito, é o que ela tem por dentro,sendo assim o amor verdadeiro.

Que haja distância, obstáculos, tempestades e calmarias,
eu jamais negaria que eu estava amando de verdade.
E o que Deus teria escrito pra mim, nenhuma outra mão poderia reescrever meu destino.

[...]

1 comentários:

. : : Roberto Torta ® : : . 9 de fevereiro de 2009 21:09  

Gata, vc escreveu tudooooooo nesse post.
amei completamente
e devorei cada palavra.
perfeito.
bejus

Raquel, 19 anos.

Raquel, 19 anos.
Se na vida eu apanho, outras vezes eu bato, mas trago a minha blusa aberta e uma rosa em botão!

moonfate ♥


Conheci uma mulher,
cujo sorriso brilhava

mesmo nunca tendo a visto, muitas vezes eu senti
seu olhar a me sorrir.

Sua alma era irmã da minha,
e em cada sonho que tinha

para lá eu me transportava,
por desejar ardentemente

ser como ela, pura alegria.

Um dos desejos que eu tinha, mais que tudo nesse mundo:
vê-la feliz e contente,
envolta na própria magia.


Mas ela me confessou,
com irreverência e desdém

ter o destino da lua:
'que a todos encanta e,
não é de ninguém.'


Eu pude ver claramente,
que a sua alma tão meiga

não era irmã simplesmente..
era cópia fiel da minha..
feliz ou infelizmente!

Sou uma filha da natureza:

quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo, de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim.
Mas vale a pena.
Mesmo que doa.
Dói só no começo.