empty.

...No começo, a leitura Twilight, pareceu me preencher (a alma),
ou ao menos me fez acreditar nisso no começo,
eu me envolvi intensamente com a história.
Mais do que um conto de fadas;
e então, tornou-se um vício, devorei cada página, absorvi e sofri com cada personagem,
pra chegar no último livro e me sentir assim, cheia.. mas impotente.
Carreguei tantos sentimentos para mim de uma única vez, e o que eu farei com eles?
Deveria escrever um livro? Que horrível.. =\
#
Começou a me fazer mal, mas ainda preciso disso.. é confuso se sentir assim. É meio.. inexplicável, uma sensação completamente desconhecida de qualquer outra que já tive.
Eu só não queria estar sozinha nessa hora, tão cheia de sentimentos como tenho estado ultimamente..
eu preciso desabafar, compartilhar, porém não existe alguém que me entenda;
eu só queria ser normal, ou ao menos não ser tão pensativa como eu sou!

0 comentários:

Raquel, 19 anos.

Raquel, 19 anos.
Se na vida eu apanho, outras vezes eu bato, mas trago a minha blusa aberta e uma rosa em botão!

moonfate ♥


Conheci uma mulher,
cujo sorriso brilhava

mesmo nunca tendo a visto, muitas vezes eu senti
seu olhar a me sorrir.

Sua alma era irmã da minha,
e em cada sonho que tinha

para lá eu me transportava,
por desejar ardentemente

ser como ela, pura alegria.

Um dos desejos que eu tinha, mais que tudo nesse mundo:
vê-la feliz e contente,
envolta na própria magia.


Mas ela me confessou,
com irreverência e desdém

ter o destino da lua:
'que a todos encanta e,
não é de ninguém.'


Eu pude ver claramente,
que a sua alma tão meiga

não era irmã simplesmente..
era cópia fiel da minha..
feliz ou infelizmente!

Sou uma filha da natureza:

quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo, de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim.
Mas vale a pena.
Mesmo que doa.
Dói só no começo.