Decode ..ME! ♪


Como eu posso decidir o que é certo? Quando você está embaçando minha mente? Eu não consigo vencer sua luta perdida o tempo todo. Como eu poderia possuir o que é meu, quando você sempre está mudando de lado? Mas você não vai tirar meu orgulho de mim..Não, não desta vez..Como nós chegamos aqui? Quando eu costumava te conhecer tão bem. Mas como nós chegamos aqui?Bem, eu acho que eu sei! A verdade está escondida nos seus olhos e, está pendurada na sua língua! Apenas fervendo no meu sangue..Mas você acha que eu não consigo ver qual tipo de homem você é? Se é que você é um homem. Bem, eu vou descobrir isso por conta própria (Eu estou gritando "Eu te amo tanto")..Por conta própria (mas meus pensamentos você não consegue decodificar).
Como nós chegamos aqui? Quando eu costumava te conhecer tão bem. Mas como nós chegamos aqui? Bem, eu acho que eu sei..Você vê o que fizemos? Nós estamos fazendo nós mesmos de bobos. Você vê o que fizemos? Nós estamos fazendo de nós mesmos uns bobos.
Como nós chegamos aqui? Quando eu costumava te conhecer tão bem! Mas como nós chegamos aqui? Quando eu costumava te conhecer tão bem..Eu acho que eu sei! Eu acho que eu sei..Tem alguma coisa que eu vejo em você, isso vai ve matar, eu quero que seja verdade!

[PARAMORE]



0 comentários:

Raquel, 19 anos.

Raquel, 19 anos.
Se na vida eu apanho, outras vezes eu bato, mas trago a minha blusa aberta e uma rosa em botão!

moonfate ♥


Conheci uma mulher,
cujo sorriso brilhava

mesmo nunca tendo a visto, muitas vezes eu senti
seu olhar a me sorrir.

Sua alma era irmã da minha,
e em cada sonho que tinha

para lá eu me transportava,
por desejar ardentemente

ser como ela, pura alegria.

Um dos desejos que eu tinha, mais que tudo nesse mundo:
vê-la feliz e contente,
envolta na própria magia.


Mas ela me confessou,
com irreverência e desdém

ter o destino da lua:
'que a todos encanta e,
não é de ninguém.'


Eu pude ver claramente,
que a sua alma tão meiga

não era irmã simplesmente..
era cópia fiel da minha..
feliz ou infelizmente!

Sou uma filha da natureza:

quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo, de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim.
Mas vale a pena.
Mesmo que doa.
Dói só no começo.