convença-me! ;*

[...]
voltaaaaaaaaamos a "estaca 0".. é, perdi a esperança nos homens de hoje em dia.. o que os faz pensar ou o que lhes dá o direito de brincar com o que eu sinto ou de pensarem que eu sou igual a qualquer outra? Não basta tudo o que eu faço e SOU? Okay. (Y)
Tá certo, que agora eu sou uma mulher, muito mais pé no chão do que há exato um ano atrás, eu mudei absurdamente, tripliquei minhas amizades, saio todo fds, tenho amigos de verdade;

não tenho medo NENHUM de dar a cara pra bater, de amar de novo e de me fuder de novo, NÃO; mas eu quero ficar distante deles, por um bom tempo.
O que acontece!? Será que eu sou tão nauseante? Tão difícil, complicada? Ou eles têm medo de se envolver com alguém que realmente vale a pena, porque eu sim, valho e muito a pena!
Mas agora entramos pra um novo capítulo..eu até o denominaria como "convença-me!"
Sim, porque a partir de AGORA, todos os homens são exatamente IGUAIS e SE houver algum preocupado com o que eu penso sobre ele, "convença-me" a acreditar que ele é diferente, então..certo?! Cansei das palavras e de alguns gestos gentis; agora será necessário muito mais que isso pra me fazer acreditar em alguém.
E eu não sou injusta, eu simplesmente tenho agido como a vida tem me ensinado e a maioria deles TAMBÉM!

Desabafei, e logo estarei indo tomar um banho delicioso, porque uma partida de sinuca me espera,
to numa NICE, brotos! ;)

0 comentários:

Raquel, 19 anos.

Raquel, 19 anos.
Se na vida eu apanho, outras vezes eu bato, mas trago a minha blusa aberta e uma rosa em botão!

moonfate ♥


Conheci uma mulher,
cujo sorriso brilhava

mesmo nunca tendo a visto, muitas vezes eu senti
seu olhar a me sorrir.

Sua alma era irmã da minha,
e em cada sonho que tinha

para lá eu me transportava,
por desejar ardentemente

ser como ela, pura alegria.

Um dos desejos que eu tinha, mais que tudo nesse mundo:
vê-la feliz e contente,
envolta na própria magia.


Mas ela me confessou,
com irreverência e desdém

ter o destino da lua:
'que a todos encanta e,
não é de ninguém.'


Eu pude ver claramente,
que a sua alma tão meiga

não era irmã simplesmente..
era cópia fiel da minha..
feliz ou infelizmente!

Sou uma filha da natureza:

quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo, de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser.
E deixo que você seja. Isso lhe assusta?
Creio que sim.
Mas vale a pena.
Mesmo que doa.
Dói só no começo.